Milazzo
This is a file from the Wikimedia Commons. Click the pic to see its description page and licensing.

MILAZZO

Povoado desde o Neolítico, o território de Milazzo foi certamente povoado pelos siculos vindos da Calábria (XV sec. a.C.) e logo helenizado por Zancle (Messina) fundando-a e nominando-a Mylai. Sob os romanos foi conhecida como Mylæ e sob os árabes como Melaz.
A posição da nova cidade ao longo da pequena península foi certamente estratégica para controlar a costa e para a expansão ao oeste.
Por isso, Milazzo foi frequentemente teatro de lutas entre cartagineses e gregos e, depopis entre os primeiros e os romanos. Célebre a Batalha de Capo Milazzo (260 a.C.) durante a I Guerra Púnica na qual a frota romana comandada pelo cônsul Gaio Duilio derrotou os cartagineses dando a Roma o controle do mar. Nasce assim o dito conhecido como “Mare Nostrum”.
Nas mesmas águas se combateu uma outra famosa batalha entre a frota de Sesto Pompeo, filho de Pompeo Magno, e aquela de Ottaviano Augusto, filho adotivo de César, comandada pelo general Marco Vipsiano Agrippa. A batalha foi vinta por Agrippa que recuperou o controle de toda a Sicília (36 a.C.). Por isso Augusto ornou Milazzo com a águia romana que ainda hoje faz parte do símbolo da cidade junto com a frase “Aquila mari imposita Sesto Pompeo superato”.
Com a queda do Império, Milazzo fica por um momento sob o domínio dos godos (V sec.), logo dos bizantinos (VI sec.) e por fim dos árabes (XIX sec.) os quais iniciaram a construção do castelo.
Com a vinda dos normandos (XI sec.) antes, e depois dos svevos (XII-XIII sec.) foram construídas as muralhas e mais tarde ampliado o castelo. Os sucessores, Giacomo d'Aragona, e logo Alfonso d'Aragona ampliaram as muralhas de defesa para contra os contínuos ataques dos Angioini do Reino de Napoli.
Em 1500, Milazzo construiu a estrutura urbanística atual caracterizada pela divisão: cidade alta, Burgo nos declives e cidade baixa na parte plana.
Tantos são os pontos interessantes a serem visitados, a partir do Castelo que é dominante. Rodeado de cinco muralhas, o castelo é o símbolo da cidade. Na mesma área surge também o Duomo (1608), um bonito exemplo de maneirismo siciliano.
Tantos são os edifícios religiosos a serem visitados: a igreja da Immacolata (1640), S. Giacomo Apostolo (1432), a Madonna del Rosario (XVI sec.).

MILAZZO
cidade da arte

Região Sicilia em Italia

 

Guia da cidade
perfil artístico
museus

 

Cidades em Sicília
Palermo
Agrigento
Catânia
Enna
Messina
Siracusa
Trapani
Outras cidades da arte
Acireale
Alcamo
Caccamo
Caltagirone
Caltanissetta
Castelvetrano
Cefalù
Erice
Gela
Lentini
Licata
Lipari
Marsala
Mazara del Vallo
Milazzo
Modica
Monreale
Noto
Palazzolo Acreide
Piazza Armerina
Ragusa
Randazzo
Sciacca
Scicli
Taormina
Termini Imerese
Sitios Arqueológicos
Akrai
Megara Iblea
Morgantina
Mozia
Pantalica
Segesta
Selinunte
Tindari
Valle dei Templi
Villa Romana del Casale

In Italy Today
As guias de Italia
> as cidades da arte
> lista completa
> as regiões da Italia
Eventos e exposiçãoes
Hotel e B&B

 


LINK DE ARTE Y VIAJE - SITIOS WEB SELECCIONADOS

  • Your ArtTravelSite - http://www.yoursite.com
    Description of web site.
  • ... insert you link!

 


Vuoi inserire un LINK?
Hai un HOTEL o un'altra attività legata al TURISMO IN ITALIA?

Promuovilo nella pagina della tua città dentro IN ITALY TODAY!
OFFERTE PROMOZIONALI PER I PRIMI LINK

Art Travel directory

SUGIERE UN SITIO-VIAJES

 

In Italy Today ama a arte

© IN ITALY HOTELS NETWORK