Gubbio

GUBBIO

Gubbio é renomada pela excepcional riqueza de monumentos e pelo fascínio de seu aspecto medieval que se conservou inalterado no decorrer dos séculos. Tradicionais manifestações do folclore da cidade são anuais como a corsa dei ceri (que tem como meta o Monte Ingino, 827 mt, local onde surge a basílica de Sant’Ubaldo, padroeiro da cidade) e o palio della ballestra.

É a antiga Iguvium (logo Eugubium e depois Agobbio), importante cidade umbra que aliada dos romanos desde o início do III século, depois da guerra social foi elevada a município e adscrita à tribo Crustumina pela sua fidelidade. Todos os achados arqueológicos de Gubbio pertencem à idade romana. O teatro, construído por volta da metade do I d.C., apresenta ao externo duas ordens de arcadas. O chamado mausoléu constitui-se de um edifício circular sobre um pódio quadrado; ao interno encontra-se uma sala que é coberta com arcos a tonel. Não foram ainda identificados os restos do templo de Júpiter Apenino, abundantemente conhecido na antiguidade.

Caindo no alto medievo, por causa também de guerras entre os godos, longobardos e bizantinos, deu muitos homens no final do XI para combater nas cruzadas. Tornando-se depois um município populoso, guelfa no XIII, deu podestade e capitões do povo a várias cidades guelfas umbras e toscanas (entre as quais Gabrielli em Florença). Reconduzida de Albornoz às posses da Igreja por volta de 1354, rebelou-se em 1376, e em 1384 deu seu governo a Antonio di Monfeltro, nobre de Urbino, passando assim a fazer parte do ducado de Urbino, até quando em 1631 tornou a ser posse do Estado Pontifício para a extinsão dos Della Rovere, e logo após aos Monfeltro (1508).

O aspecto urbano é caracterizado por uma rede de ruas paralelas em diversos níveis e de subidas de grande declive que se coligam, por edifícios monumentais e casas em adubo de pedra escura com janelinhas arcadas e bíforas, ombreiras e sacadas de sabor medieval: o conjunto doa uma inconfundível marca à cidade. Gubbio é característica pelas contruções urbanas porque trazem em todas as casas de origem medieval a pequena “porta del morto”, com uma entrada a 70 cm em relação ao plano da estrada, usada talvez para fazer entrar ou sair os fêretros. Destruída pelos hunguereses em 917 abadia e igrejas paleocristãs e protoromânicas, os mais antigos monumentos que resistiram foram a Igreja de San Giovanni Batista do XI e reconstruída no XIII, gravemente danificada pelo terremoto de 1997, o Duomo, edificado no início do XIII encorpando partes de uma costrução mais antiga, com navadas únicas e com teto fluente sustentado por arrojadas arcadas ogivais em pedra esquadrada (sistema de cobertura típico das igrejas de Gubbio), a Igreja de San Francesco, erguida por fra Bevignate da Perugia (1259-92) no lugar de onde existia a loja dos Spadalonga, com altas navadas, absides poligonais escandidas por esnelos pilares e a linda fachada imcompleta.

PÁG. 1 | 2 | próximo >>

GUBBIO
cidade da arte

Região Umbria em Italia
Teatro Romano
TEATRO ROMANO


Gubbio, veduta della città
GUBBIO E LE COLLINE

 

Guia da cidade
perfil artístico
museus

 

Cidades em Úmbria
Perugia
Terni
Outras cidades da arte
Amelia
Assis
Bevagna
Cascia
Castiglione del Lago
Città delle Pieve
Città di Castello
Deruta
Foligno
Gualdo Tadino
Gubbio
Magione
Marsciano
Montefalco
Narni
Nocera Umbra
Norcia
Orvieto
Spello
Spoleto
Todi
Trevi
Umbertide

In Italy Today
As guias de Italia
> as cidades da arte
> lista completa
> as regiões da Italia
Eventos e exposiçãoes
Hotel e B&B

 


LINK DE ARTE Y VIAJE - SITIOS WEB SELECCIONADOS

  • Your ArtTravelSite - http://www.yoursite.com
    Description of web site.
  • ... insert you link!

 


Vuoi inserire un LINK?
Hai un HOTEL o un'altra attività legata al TURISMO IN ITALIA?

Promuovilo nella pagina della tua città dentro IN ITALY TODAY!
OFFERTE PROMOZIONALI PER I PRIMI LINK

Art Travel directory

SUGIERE UN SITIO-VIAJES

 

In Italy Today ama a arte

© IN ITALY HOTELS NETWORK