Piazza del Popolo - Ascoli Piceno This is a file from the Wikimedia Commons. Click the pic to see its description page and licensing.

ASCOLI PICENO

Conta-se que Ascoli Piceno foi fundada pelo rei Pelasgo Aesis na época pré- romana no final da Idade do Bronze, não obstante, naquela zona se encontrassem achados arqueológicos precedentes e provas de povoações da fase paleolítica.

Segundo Festo, a cidade foi fundada pelos Sabinos migrados pelo motivo das celebrações do Ver Sacrum (Primavera Sacra) guiados por um pica- pau, pássaro sagrado a Marte.
De ligação etimológica, o nome então teria sido derivado da raiz egeo-anatolica "as", que significa povoamento urbano.
Em 299 a.C. Ascoli se aliou com os romanos nas guerras contra os Sanniti e Etruscos, e em 268 a.C. tornou-se cidade confederada de Roma. Durante as guerras civis (91 a.C.) se rebelou e comandou as populações da península itálica a Roma. Foi por este motivo cercada pelo assédio do general romano Gneo Pompeo Strabone por mais de dois anos, e, quando conquistada foi fortemente danificada.
Em 49 a.C. César, depois da travessia do rio Rubicone, a conquistou dando- lhe o sobrenome Picenum. Durante o período imperial, Ascoli Piceno conheceu um período de máxima importância e desenvolvimento econômico e político.
No Alto Medioevo conheceu a devastação dos Godos de Totila e dos Longobardos de Faroaldo (578), os quais a anexaram ao Ducado de Spoleto até o 789, ano da invasão da Itália por parte dos Francos de Carlos Magno, os quais a deixaram sob a influência da Igreja de Roma.
Em 1183 tornou-se libero comune (municipio livre) lutando contra as tropas imperiais de Federico II da Svevia. Passou então sob o poder dos Malatesta, dos Sforza, para depois retornar à igreja romana até 1860, ano de anexação da região Marche à Italia.

Do período romano sobraram restos de monumentos: Ponte de Cecco, Ponte Augusteo sobre Tronto, os restos do Teatro e do Anfiteatro, Porta Gemina, dois templos atualmente englobados na Igreja de San Venanzio e de San Gregorio.
O centro da cidade é a Praça del Popolo sobre a qual se encontram os monumentos mais importantes da cidade: o Palácio dos Capitani del Popolo com torre medieval (XIII-XV sec.), o porticado do 1500_ Loggia dei Mercanti_ localizado diante da Igreja de San Francesco, a Catedral de Sant'Emidio.
Outros lugares de grande interesse cultural são os palácios nobres: Palácio dell'Arengo (XII sec.) e Palacete Longobardo (XII sec. perfeitamente conservado).
Continuando a visita se aconselha de realizar uma parada no Forte Malatesta (metade do 1300), à Fortaleza Pia (edificada e destruída pelos romanos, reconstruída e destruída no Medioevo, reconstruída depois por Papa Pio IV), a Torre degli Ercolani (XII-XIII sec.)

Em Ascoli a primeira semana de agosto se realizam paradas em vestidos medievais e renascimentais que se concluem com o Parque de diversões da Quintana.

ASCOLI PICENO
cidade da arte

Região Marche em Italia

LINK DE ARTE Y VIAJE - SITIOS WEB SELECCIONADOS

  • Your ArtTravelSite - http://www.yoursite.com
    Description of web site.
  • ... insert you link!

 


Vuoi inserire un LINK?
Hai un HOTEL o un'altra attività legata al TURISMO IN ITALIA?

Promuovilo nella pagina della tua città dentro IN ITALY TODAY!
OFFERTE PROMOZIONALI PER I PRIMI LINK

Art Travel directory

SUGIERE UN SITIO-VIAJES

 

In Italy Today ama a arte

© IN ITALY HOTELS NETWORK