TRIESTE

Trieste, capital da região de Friuli-Venezia Giulia, localiza-se no em seu omônimo golfo e pela sua história passada e recente se ergue como símbolo dos contos italianos. Atualmente reencontrou o seu papel de crescente porto comercial e turístico aos pés do Carso, sendo reparada nos redores da fronteira com a Eslovênia (diversos as passagens de fronteira). Notaveis as atividades comerciais, de seguro e industriais ligadas à presença do porto, importante via de acesso aos tráficos para a Áustria. E também centro de atividades esportivas ligadas à náutica entre as quais a famosíssima “barcolana” que se realiza anualmente no final do verão.

A história da cidade testemunha antigas origens: tornou-se colônia romana com o nome de Tergeste no século I a.C., mas foi ocupada sucessivamente pelos godos, bizantinos, ostrogodos e longobardos. Autônoma desde 948, e município desde 1060, passou à Veneza em 1202 até 1382, tornando-se território austríaco sob a coroa dos Asburgos, iniciou-se assim o seu papel histórico de foz no mar da cidade de Viena. Atribulada pelos confins internos e com as populações da Ístria e de Veneza, teve a ecônomia arruinada até os inícios do século XVIII, quando tornou-se porto dos francos e recuperou então a função principal de desemboque no mar do império asbúrgico. Apesar de infelizmente ter tido breves períodos de ocupação francesa na época napoleônica, permaneceu à Àustria até o final de 1918, quando foi anexada à Itália. De 1943 a 1945, no decorrer das últimas fases da II Gurerra Mundial, foi ocupada pelos alemães que então se esfogaram contro às neo e crescentes organizações de resistência e contra a população hebréia instituindo apenas fora da cidade o único campo de extermínio nazista na Itália. Sucessivamente foi anexada e logo liberada pelas tropas dos partidários iugoslavos no 1 de maio de 1945 e pelas tropas anglo-americanas em 2 maio de 1945 que se confrontaram por 40 dias procurando obter o controle da cidade, até que, os iuguslavos se retiraram. Em base ao acordo inter-aliado e ao consequente tratado de paz (Paris, 10 fevereiro de 1947) foi instituido o Territorio Libero di Trieste, incluindo a cidade e uma pequena faixa do interior italiano, desarmado, com a hipótese que viesse governado por um representante da ONU. Seja como for, tal acordo não tendo sido realizado, o território foi dividido em duas partes: na zona A administrada pelos americanos, a zona B pelos pelos iuguslavos. A situação determinou uma longa tensão, que, foi resolvida pelos acordos de Londres (6.10.1954), em virtude do qual o território deixasse de existir e as zonas que tinham sido constituídas viessem praticamente dada à Italia (zona A) e à Iuguslavia ( zona B). Em 31 de janeiro de 1963 a zona A foi anexada à neo constituída região de Friuli-Venezia Giulia, e Trieste nominada capital. Os sucessivos acordos italo-iuguslavos de Osimo (10.11.1975) decretaram uficialmente e definitivamente tal situação.

PÁG. 1 | 2 | próximo >>

TRIESTE
cidade da arte

Região Friul-Veneza Júlia em Italia

 

Guia da cidade
perfil artístico
museus

 

Cidades em Friul - Veneza Júlia
Trieste

In Italy Today
As guias de Italia
> as cidades da arte
> lista completa
> as regiões da Italia
Eventos e exposiçãoes
Hotel e B&B

 


LINK DE ARTE Y VIAJE - SITIOS WEB SELECCIONADOS

  • Your ArtTravelSite - http://www.yoursite.com
    Description of web site.
  • ... insert you link!

 


Vuoi inserire un LINK?
Hai un HOTEL o un'altra attività legata al TURISMO IN ITALIA?

Promuovilo nella pagina della tua città dentro IN ITALY TODAY!
OFFERTE PROMOZIONALI PER I PRIMI LINK

Art Travel directory

SUGIERE UN SITIO-VIAJES

 

In Italy Today ama a arte

© IN ITALY HOTELS NETWORK