MelfiThis is a file from the Wikimedia Commons. Click the pic to see its description page and licensing.

MELFI

No território da Basilicata perto da Região Campania e das Puglias, localiza- se Melfi, antigo centro aos declives sententrionais do Monte Vúlture.

História

O seu nome deriva do rio Melpes que escorre no seu território que foi povoado desde o Neolítico como demonstram os achados dos povoamentos encontrados ao longo do rio Ofanto.
Datam da Idade do Ferro os achados efetuados na zona do castelo e do centro medieval. Se tratam de centros fundados pelos daunos e lucanos (IX- IV a.C.).

Passada aos romanos depois das guerras com Pirro (280- 275 a.C.), perdeu progressivamente importância por causa da vizinhança com Venosa, principal centro da via Appia.

Com os longobardos, Melfi foi fortalecida pela sua posição estratégica nos limites com os domínios bizantinos.
No IX, voltou ao Império Romano do Oriente tornando- se teatro de confrontos com os longobardos de Guaimaro. Isto, até a chegada dos normandos (1041) que fizeram de Melfi uma da capital (1043), declarando- se vassalos do Papa.
Em Melfi se desenvolveram cinco conselhos ecumênicos ( entre 1059 e 1101) entre os quais aqueles que decidiram a primeira Cruzada (1089). Em 1130 o anti- papa, Anacleto, ali realizou o seu conselho e em 1167 foi assediado por Federico Barabarossa.

Os normandos decidiram a construção de um novo castelo, de novas muralhas e da Catedral (XI).

No final do XII, subiram ao poder os svevos e, em Melfi foram promulgadas em 1231 as Constituones Regni Utriusque Siciliae conhecidas como Constituições Melfitanas, importantes códigos de leis do Reino da Sicília.

Em 1268, os angioinos cancelaram a dinastia sveva subindo ao trono de Napoli e, em 1350, Melfi foi feudo de Niccolò Acciaioli da qual família sucederam os Marzano e os Caracciolo. Esses últimos porém participaram à conspiração dos barãoes (1485) realizada contra o Rei Ferrante d’Aragona o qual, depois de tê- los feito punir, retirou- lhes o poder sobre Melfi.

No âmbito do confronto entre franceses e espanhóis, Melfi foi saqueada e incendiada ( 22 e 23 de março de 1528) e sucessivamente confiada pelo imperador Carlo V a Andrea Doria, e, os rebeldes permaneceram em Melfi até 1950.
A cidade perdeu progressivamente importância e, apenas a construção de alguns palácios nobres (Araneo, Murano) representaram uma mudança significativa na cidade.

No decorrer da sua história foi danificada em continuação pelos terremotos dos quais os mais fortes os de 1851 e 1930.

No final do XX , a econômia de Melfi foi modificada radicalmente por causa da construção de um estabelecimento da FIAT.

Visita à cidade

O patrimônio arquitetônico de Melfi foi notavelmente comprometido pelos terremotos de 1851 e 1930 mas, o fascínio do Castelo Normando continua a dominar a cidade. Depois da restauração efetuada após o sisma de 1980, o Castelo tornou- se cede do Museu Arqueológico do Melfese.

Tantos são os edifícios religiosos a serem visitados em Melfi, entre os quais, se destacam o Duomo dell’Assunta, feito em 1155 mas, reconstruído diversas vezes depois de terremotos. Apenas o campanário permanece com fabricação original desejado por Guglielmo il Malo il Nomanno.
Entre as igrejas: Sant’Antonio do XV, S. Maria La Nuova do XIII, e as igrejas rupestres fora do centro.

Saindo do burgo ruma às tantas excursões possíveis nas vizinhanças, se aconselha uma parada na Porta Venosina de época sveva.

Lugares de interesse

Castelo Normando Svevo; Duomo Normando dell'Assunta (1155); Porta Venosina ('200); Igreja de Sant'Antonio (1423); Igreja de San Lorenzo; Igreja de S. Maria La Nuova (XIII sec.); Palácio Aquilecchia; Palácios Lancieri; Palácio Araneo; Palácio Pierri; Igrejas rupestres: Santa Margherita; Santa Lucia, Madonna delle Spinelle; Igrejas de S. Maria del Monte (XII sec.); O Vulture; Lagos de Monticchio; Pontes romanas: Santa Venere, Pietra dell'Olio, Ponte Rotto; Excursões a Venosa e Candela.

Eventos

Festa de Sant'Alessandro no 9 de fevereiro; Festa do Espirito Santo a Pentecoste; Prêmio Literário Cidade de Melfi em setembro; Reevocação Federiciana e Convenção Internacional de Falconeria na penúltima semana de outubro; Sagra da Varola na última semana de outubro; Festa da Immacolata no 8 de dezembro; Festa de Santa Lucia no 13 de dezembro.

MELFI
cidade da arte

Região Basilicata em Italia

 

Guia da cidade
perfil artístico

 

Cidades em Basilicata
Matera

In Italy Today
As guias de Italia
> as cidades da arte
> lista completa
> as regiões da Italia
Eventos e exposiçãoes
Hotel e B&B

 


LINK DE ARTE Y VIAJE - SITIOS WEB SELECCIONADOS

  • Your ArtTravelSite - http://www.yoursite.com
    Description of web site.
  • ... insert you link!

 


Vuoi inserire un LINK?
Hai un HOTEL o un'altra attività legata al TURISMO IN ITALIA?

Promuovilo nella pagina della tua città dentro IN ITALY TODAY!
OFFERTE PROMOZIONALI PER I PRIMI LINK

Art Travel directory

SUGIERE UN SITIO-VIAJES

 

In Italy Today ama a arte

© IN ITALY HOTELS NETWORK