Baia di Otranto

OTRANTO

Localiza- se perto de Lecce ao longo de uma maravilhosa parte de águas cristalinas da costa adriática. Otranto, é atualmente um centro turístico que conserva ao seu interno jóias artísticas e arquitetônicas.

O seu nome, como a sua história, relaciona- se à água: Hydrutum_ a chamavam assim os romanos pela presença do rio Hydrus. Mas, a sua história desenvolve- se com certeza ainda antes.
Ja na época Neolítica o território era povoado (Gruta dos Cervi), como testemunham os monumentos megalípticos espalhados pela cidade.
A lenda porém, conta de Idomeneo, mítico herói de Tróia. O fato real pode ter sido a chegada dos navegadores cretenses ou micenos que se lançaram ao longo da costa do sul da Itália ao início do I milênio a.C.
Passada aos romanos depois das guerras com Pirro (275 a.C.), torna- se município em 165 a.C. e assim, o seu desenvolvimento e as suas riquezas cresceram tornando- se um importante porto comercial na rota com as províncias orientais do Império. A sua importância veio reconhecida por Roma; pois obteve o direito de cunhar a própria moeda (162 d.C.).
Depois do flagelo das invasões bárbaras, dos visigodos (411) e dos vândalos (455) e, com a dominação ostrogoda (496- 535), Otranto e toda a sua região passaram sob os bizantinos (553) depois da guerra greco- gotica.
Em 757 foi conquistada pelos longobardos mas, o domínio desses no sul da Puglia durou pouco e, logo o poder voltou aos bizantinos.
Os saracenos a saquearam em 845 depois de ter tomado Brindisi (838) e Taranto (840).
Otranto tornou- se em seguida o último baluarte do poder imperial de Constantinopolis a ceder à subida ao poder dos normandos os quais, a conquistaram apenas em 1070 com Roberto il Guiscardo. Os normandos fizeram constuir novas muralhas.
Fortalecida novamente no XIII pelo comandante Ruggero di Lauria, foi conquistada em 1348 por Luigi il Grande, rei da Hungria, angioino.
Com a subida ao trono de Napoli por parte dos aragoneses, Otranto também passou aos espanhóis sob Ferdinando I d’Aragona.
Em 1480 foi assediada por duas semanas pela frota turca comandada por Ahmet Pasha. A população não quis ceder nem mesmo depois da entrada dos turcos na cidade e foi massacrada quase completamente. Se salvaram apenas mulheres e crianças e, a Abadia de San Nicola de Casole foi incendiada com a sua imensa biblioteca.
No 10 de setembro de 1481, as tropas aragonesas retomaram a cidade e sob o sucessor desses, o Imperador Carlo V d’Asburgo, que fortaleceu novamente a cidade e modificou o castelo. Os turcos tentaram novamente o ataque por mais de um século mas, foram sempre afungentados (1614, 1644).
Por poucos anos Otranto foi também de Veneza (1496- 1504).
A reconstrução e a ferida da invasão turca foram marcantes para a cidade que não foi capaz de libertar- se por séculos: o 1600 foi um século de repressão econômica assim como o 1700, durante o qual subiram ao poder os Borboni.
A experiência republicana, devida à vinda de Bonaparte à Italia (1799) e, ao sucessivo nascimento da República de Napoli (1806), além da sua breve duração, teve a máxima manifestação, a qual a cidade de Otranto participou ativamente.
Em 1861, Otranto passou ao Reino da Itália comandado pelos Savoia.

A visita à cidade pode partir da zona turística da orla da praia de onde se tem acesso através de uma porta, ao burgo antigo; assim, é possível almoçar gozando da vista panorâmica da baía.
Logo depois se chega à Catedral (1080- 1088), que conserva no seu interior um mosaico no pavimento (1163- 1165) que figura a árvore da vida; obra do monge Pantaleone.
Uma outra jóia de Otranto é a igreja bizantina de San Pietro que data do IX e, conserva preciosos afrescos.
A ser visitada também, a Capela do Spirito Santo ou da Madonna dell’ Altomare e o Santuário de S. Maria dei Martiri, construído onde 800 otrantenses foram decapitados pelos turcos em 1480.
Subindo, se chega ao predominante Castelo desejado por Federico II da Svevia em 1226 e, modificado em seguida pelos aragoneses (XV) e pelo Imperador Carlo V (XVI).

OTRANTO
cidade da arte

Região Apulia em Italia
Otranto
ROVINE

Castello - Otranto
CASTELLO

Duomo - Otranto
DUOMO

 

Guia da cidade
perfil artístico

 

Cidades em Apúlia
Bari
Andria
Barletta
Brindisi
Foggia
Lecce
Taranto
Trani
Outras cidades da arte
Acaya
Alberobello
Alezio
Altamura
Ascoli Satriano
Bisceglie
Bitonto
Bovino
Calimera
Canosa
Casarano
Castel del Monte
Castellaneta
Ceglie Messapica
Cerignola
Cisternino
Conversano
Copertino
Cutrofiano

Francavilla Fontana

Galatina
Gallipoli
Gioia del Colle
Giovinazzo
Gravina
Grottaglie
Isole Tremiti
Locorotondo
Lucera
Maglie
Manduria
Manfredonia
Martano
Martina Franca
Massafra
Melendugno
Melpignano
Mesagne
Modugno
Molfetta
Monopoli
Monte Sant'Angelo
Nardò
Ostuni
Otranto
Parabita
Peschici
Poggiardo
Polignano a Mare
Putignano
Ruvo di Puglia
San Ferdinando di Puglia
San Vito dei Normanni
San Severo
Specchia
Terlizzi
Tricase
Troia
Ugento
Vico del Gargano
Vieste
Sitios Arqueológicos
Egnazia
Ordona (Herdonia)
Oria
Siponto

In Italy Today
As guias de Italia
> as cidades da arte
> lista completa
> as regiões da Italia
Eventos e exposiçãoes
Hotel e B&B

 


LINK DE ARTE Y VIAJE - SITIOS WEB SELECCIONADOS

  • Your ArtTravelSite - http://www.yoursite.com
    Description of web site.
  • ... insert you link!

 


Vuoi inserire un LINK?
Hai un HOTEL o un'altra attività legata al TURISMO IN ITALIA?

Promuovilo nella pagina della tua città dentro IN ITALY TODAY!
OFFERTE PROMOZIONALI PER I PRIMI LINK

Art Travel directory

SUGIERE UN SITIO-VIAJES

 

In Italy Today ama a arte

© IN ITALY HOTELS NETWORK