Castellaneta
This is a file from the Wikimedia Commons. Click the pic to see its description page and licensing.

CASTELLANETA

Na província de Taranto, na zona geográfica caracterizada pela presença de longas e tortuosas fendas, se encontra Castellaneta, que possui suas origens na Idade do Bronze (3.500-1.200 a.C.) como demonstrado pelos achados realizados pelos sículos, antes, e pelos lapigi, depois.

Desde o V a.C., teve início na região um processo de helenização de todos os centros messapicos guiados pela poderosa Taranto.
Em 272 a.C., Taranto foi conquistada pelos romanos os quais, com isso, dominaram toda a Puglia.
A cidade de Minerva foi assim integrada no traçado da importante artéria comercial que toma o nome da via Appia. Esse fator garantiu à cidade uma fase prospera por todo o período imperial.
Com o final do império romano, Minerva foi saqueada e destruída pelos visigodos de Alarico (411 d.C.) e a consequente dispersão da população por todo o território.
Depois da pausa do império ostrogodo na Itália (476-535) e a guerra greco- gótica, combatida entre godos e os bizantinos de Belisario (535-553), a cidade foi refundada em 550 com o nome de Castanea.
As sucessivas invasões bárbaras do IX ao longo da costa do território pugliese, determinaram a fuga ao interno das cidade costeiras e a unificação e o engrandimento do centro de Castellaneta que toma o nome de Castellum Unitum, logo modificado para Castellanetum.
Depois de ter sido centro dos confrontos entre longobardos e bizantinos por mais de 4 séculos, Castellaneta foi tomada pelos normandos em 1064 tornando-se cede episcopal em 1080.
Com a vinda dos svevos por parte de Carlo d’Angiò (1266), Castellaneta tornou-se uma cidade real.
Logo foi a vez dos aragoneses (1442), os quais derrotaram e afugentaram os angioinos da Itália meridional.
Castellaneta passou então ao domínio espanhol e resisitu ao assédio das tropas francesas do duque de Nemours em 1503, episódio que os históricos conheciam com o nome de Sacco de Castellaneta. A resistência da cidade lhe valeu o título de Fidelissima Civitas, pelo rei Ferdinando d’Aragona.
Subindo ao trono da Espanha, Carlo V (1516), neto de Ferdinando, Castellaneta foi doada ao flamingo Guglielmo dela Crou, mas os cidadãos, contrários a isso, furgiram deixando cair em ruínas a cidade.
Isso marcou o início do domínio feudal que se deu até 1778.
Em 1799 as tropas francesas vieram à Itália comandadas por Napoleão, o que resultou na difusão de ideais republicanos e alé disso, trouxeram a formação da República de Napoli (1808-1815) sob Gioacchino Murat.
Castellaneta não foi imune a essa mudança, tanto que a sucessiva reintrodução do regime borbonico foi acolhida com hostilidade em 1821 pela Carboneria de Castellaneta.
Em 1860, Castellaneta entrou a fazer parte do Reino da Itália por meio de voto plebiscito.
Em 1943, Castellaneta foi fortemente bombardeada e danificada no âmbito do confronto entre aliados e nazistas na II Guerra Mundial.

Castellaneta, a qual conserva ainda intacta a sua fisionomia do 1700 com instalação urbanística medieval, oferece interessantes pontos culturais a serem visitados a partir da Catedral (1220), reconstruída no 1700, com fachada barroca e preciosas pinturas no seu interno. Outras igrejas a serem visitadas são S.Francesco (1471), San Domenico, San Michele.
Entre os palácios dos senhores feudais que governaram a cidade, Palácio Sarapo e Palácio Catalano.
Interessante é a visita a Gravina Grande, a qual deu hospitalidade aos habitantes de Castellaneta durante os séculos das invasões bárbaras e saracenas, e, onde também é possível visitar numerosos povoamentos rupestres.

CASTELLANETA
cidade da arte

Região Apulia em Italia

 

Guia da cidade
perfil artístico

 

Cidades em Apúlia
Bari
Andria
Barletta
Brindisi
Foggia
Lecce
Taranto
Trani
Outras cidades da arte
Acaya
Alberobello
Alezio
Altamura
Ascoli Satriano
Bisceglie
Bitonto
Bovino
Calimera
Canosa
Casarano
Castel del Monte
Castellaneta
Ceglie Messapica
Cerignola
Cisternino
Conversano
Copertino
Cutrofiano

Francavilla Fontana

Galatina
Gallipoli
Gioia del Colle
Giovinazzo
Gravina
Grottaglie
Isole Tremiti
Locorotondo
Lucera
Maglie
Manduria
Manfredonia
Martano
Martina Franca
Massafra
Melendugno
Melpignano
Mesagne
Modugno
Molfetta
Monopoli
Monte Sant'Angelo
Nardò
Ostuni
Otranto
Parabita
Peschici
Poggiardo
Polignano a Mare
Putignano
Ruvo di Puglia
San Ferdinando di Puglia
San Vito dei Normanni
San Severo
Specchia
Terlizzi
Tricase
Troia
Ugento
Vico del Gargano
Vieste
Sitios Arqueológicos
Egnazia
Ordona (Herdonia)
Oria
Siponto

In Italy Today
As guias de Italia
> as cidades da arte
> lista completa
> as regiões da Italia
Eventos e exposiçãoes
Hotel e B&B

 


LINK DE ARTE Y VIAJE - SITIOS WEB SELECCIONADOS

  • Your ArtTravelSite - http://www.yoursite.com
    Description of web site.
  • ... insert you link!

 


Vuoi inserire un LINK?
Hai un HOTEL o un'altra attività legata al TURISMO IN ITALIA?

Promuovilo nella pagina della tua città dentro IN ITALY TODAY!
OFFERTE PROMOZIONALI PER I PRIMI LINK

Art Travel directory

SUGIERE UN SITIO-VIAJES

 

In Italy Today ama a arte

© IN ITALY HOTELS NETWORK