ASCOLI SATRIANO

Ausculum: assim a conheciam os romanos que a integraram no próprio sistema de estradas com a via Trajana.

Mas o seu território era já povoado desde a antiguidade pelos dauni, antiga população ilírica do Mar Negro que se deslocaram desde a costa da Albânia e depois, através da Puglia setentrional e o Molise (XI a.C.) desenvolvendo autonomamente através dos gregos uma forte e evoluída civilização.
Apenas nos VII e VI, os vilarejos ascolanos adotaram a moeda e a escrita das colônias gregas.
A crescente influência de Roma no território italiano meridional, trouxe um contraste com a grega Taranto, a qual chamou em socorro Pirro, rei de Epiro (a atual Albania). Ali se deu a famosa e proverbial batalha de Pirro contra os romanos.
Sucessivamente Ascoli permaneceu fiél a Roma durante a II Guerra Púnica (218-201 a.C.) conhecendo o assédio do exército de Annibale que ali acampou em Daunia em 215 a.C.
Sob Roma, Ascoli sofreu pelas lutas sociais (90 a.C.) depois da qual tornou-se município obtendo a cidadinança romana.
Com a difusão do cristianismo, ali encontraram-se os primeiros mártires, entre os quais Potito, decapitado no II d.C., e que atualmente, é o padoreiro da cidade.
A decadência chegou com as invasões bárbaras de visigodos, erulos e vândalos e, a breve parêntesis do Reino Ostrogodo (476-535) não serviu a dar um novo desenvolvimento à cidade da Puglia.
Depois da guerra greco-gótica, Ascoli passou por uma fase de instabilidade devida à sua posição geográfica na fronteira entre as duas potências da época: Bisâncio e o Reino Longobardo.
Em seguida à descida dos francos que destruíram o Reino Longobardo dando autonomia ao Ducado de Benevento, Ascoli terminou sob a jurisdição deste.
Em 882, os saracenos saquearam a cidade e a destruíram mas, com vinda do imperador bizantino, Basilio o Macedone, chegou à Puglia a fim de reconquistar o reinado perdido. Veio então Ottone I da Sassonia e, até o XI, a situação foi caracterizada por contínuos confrontos que tiveram finais diferentes.
O tempo dos normandos iniciou-se em 1027, a cidade passou ao domínio desses mas não sem resistir atè o ponto em que foi incendiada, em 1082, por causa das revoltas.
A vinda dos svevos (final do XII), trouxe riquezas e, Ascoli por mais ou menos 1 século, viveu assim até a chegada dos Angioinos (23 de agosto de 1268).
Sob o reino de Roberto d’Angiò (1309-43), Ascoli foi dominada pelas famílias de barões e no XV tornou-se feudo dos Orsino.
Os privilégios e esbanjo de dinheiro que caracterizava a vida dos nobres de Ascoli, trouxe a adesão à República de Napoli (1799) que surgiu logo depois da vinda de Napoleão na Itália. A revolta foi sufocada e sanguinária e, as cabeças dos republicanos penduradas à árvore da liberdade por esses mesmos plantada.
Depois do Congresso de Viena, Ferdinando IV voltou à Napoli mas, Ascoli foi ativa durante os movimentos carvoeiros de 1820.
Destruída por um terremoto em 1851, foi reconstruída e anexada ao Reino da Itália com o plebiscito de 1860.

Em Ascoli se visitam a Ponte Romana com três arcadas sobre o rio Carapelle, a Catedral românico-gótica da Beata Vergine Maria della Natività (XII).
E, enquanto aos vestígios do passado, imperdível é o Parque Arqueológico dos Dauni e o Museu Arqueológico “P. Rosario”.
Na cidade, no 14 de janeiro se festeja a Festa do asno de San Potito, que no dialeto se escrive: “la fest d lu ciucch d San Ptit”; a Festa do Santo Padroeiro em agosto e a Feira Agrícola de Santa Lucia no 12 de dezembro de cada ano.

ASCOLI SATRIANO
cidade da arte

Região Apulia em Italia

 

Guia da cidade
perfil artístico

 

Cidades em Apúlia
Bari
Andria
Barletta
Brindisi
Foggia
Lecce
Taranto
Trani
Outras cidades da arte
Acaya
Alberobello
Alezio
Altamura
Ascoli Satriano
Bisceglie
Bitonto
Bovino
Calimera
Canosa
Casarano
Castel del Monte
Castellaneta
Ceglie Messapica
Cerignola
Cisternino
Conversano
Copertino
Cutrofiano

Francavilla Fontana

Galatina
Gallipoli
Gioia del Colle
Giovinazzo
Gravina
Grottaglie
Isole Tremiti
Locorotondo
Lucera
Maglie
Manduria
Manfredonia
Martano
Martina Franca
Massafra
Melendugno
Melpignano
Mesagne
Modugno
Molfetta
Monopoli
Monte Sant'Angelo
Nardò
Ostuni
Otranto
Parabita
Peschici
Poggiardo
Polignano a Mare
Putignano
Ruvo di Puglia
San Ferdinando di Puglia
San Vito dei Normanni
San Severo
Specchia
Terlizzi
Tricase
Troia
Ugento
Vico del Gargano
Vieste
Sitios Arqueológicos
Egnazia
Ordona (Herdonia)
Oria
Siponto

In Italy Today
As guias de Italia
> as cidades da arte
> lista completa
> as regiões da Italia
Eventos e exposiçãoes
Hotel e B&B

 


LINK DE ARTE Y VIAJE - SITIOS WEB SELECCIONADOS

  • Your ArtTravelSite - http://www.yoursite.com
    Description of web site.
  • ... insert you link!

 


Vuoi inserire un LINK?
Hai un HOTEL o un'altra attività legata al TURISMO IN ITALIA?

Promuovilo nella pagina della tua città dentro IN ITALY TODAY!
OFFERTE PROMOZIONALI PER I PRIMI LINK

Art Travel directory

SUGIERE UN SITIO-VIAJES

 

In Italy Today ama a arte

© IN ITALY HOTELS NETWORK